Pedagogia‎ > ‎Pedagogia da Fé‎ > ‎

Segundo Domingo da Quaresma

Publicado a 11/03/2017, 05:09 por CNE JN Oriental Webmaster
Desafio: conhecer e seguir Jesus

Para nós cristão Jesus é o tudo da nossa vida! Seguir Jesus é imitá-lo. É aprender com ele, e com a sua vida. Aproveitemos esta Quaresma para o imitar concretamente na oração, no jejum, e na esmola. Começando pela oração – tudo começa pela oração – proponho para os chefes e adultos uma leitura espiritual para aprender o caminho de Jesus. Uma proposta concreta é a de ler e meditar o livro: Carta circular aos amigos da Cruz, de S.Luís Maria Grignion de Montfort (editada em Portugal por “Caminhos Romanos”).

Mas, o desafio para todos nesta Quaresma (e até para a vida) é conhecer Jesus profundamente através da meditação do evangelho de cada dia. Só assim conseguimos mergulhar no nosso interior onde Deus fala... só assim conseguimos sair da superficialidade. E um escuta detesta a superficialidade... a banalidade... Ser cristão é conhecer Jesus! Para isso é fundamental dedicar todos os dias um tempo à meditação do Evangelho do dia. A forma mais proveitosa de o fazer, é ler todos os dias à noite o evangelho que se vai meditar no dia seguinte, de preferência pela manhã. Esse tempo de diálogo de amizade com Deus que é a oração é o melhor momento para resolver com Jesus os desafios e problemas da nossa vida, e discernir a vontade de Deus para mim. Se Deus toca profundamente e me mostra a sua vontade o melhor que tenho a fazer é segui-la, por que Deus é Amor, Deus ama-me, e o melhor que eu tenho a fazer é aderir de alma e coração à vontade de Deus.

Devo no entanto saber que não há oração sem sacrifício. Oração não rima com comodismo. Por isso, é de todo conveniente unir à oração o jejum e a abstinência, e outras penitências concretas que me ajudem a libertar-me do egoísmo rebelde que me paralisa e me faz tanto mal, e aderir de alma e coração à vontade de Deus. Daqui só podem nascer frutos de santidade, de entusiasmo, de apostolado e de misericórdia, sabendo que o bem que fazemos não é para nossa vaidade própria.

Ċ
CNE JN Oriental Webmaster,
11/03/2017, 05:09
Ċ
CNE JN Oriental Webmaster,
11/03/2017, 05:09
Comments