Pedagogia‎ > ‎Pedagogia da Fé‎ > ‎

Primeiro Domingo da Quaresma

Publicado a 04/03/2017, 03:36 por CNE JN Oriental Webmaster
Desafio: conhecer e seguir Jesus

Deus deu-nos a graça de iniciarmos nestes dias mais uma Quaresma da nossa vida que nos há-de levar à grande festa da Páscoa... Não deixemos que esta graça que Deus nos dá seja em vão. Uma vez mais encontramo-nos com Jesus que nos diz olhos nos olhos: «Se alguém quer vir após Mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz todos os dias, e siga-Me» (Lc 9,22). Deixo que estas palavras me toquem profundamente o coração. Repito-as e rezo-as, até que neste gesto de abraçar a cruz, seguindo Jesus, eu encontre o meu próprio caminho de verdadeira felicidade e de paz. E escuto Jesus que me diz: «Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que seguem por ele. Como é estreita a porta e quão apertado é o caminho que conduz à vida, e como são poucos os que o encontram!» (Mt 7, 13-14).

Agora percebo melhor o que significa renunciar a mim mesmo... significa renunciar ao meu comodismo, à minha arrogância, às minhas manias, às minhas à minha falta de fé, para poder seguir Jesus. Porque o que interessa é seguir Jesus! E se Jesus me diz “segue-me!” não tenho tempo a perder: Seguir-te-ei, Senhor!
Ajudas para o caminho: Um cristão é sempre um discípulo de Jesus. O discípulo é aquele que acompanha o seu mestre, vive com ele, vê o que ele faz e aprende o que o mestre tem para ensinar. Para eu ser cristão, para eu ser discípulo de Jesus e para o poder conhecer melhor e aprender com ele o caminho da Vida, eu tenho que ler e meditar especialmente o Novo Testamento. O desafio desta Quaresma – um belo desafio para um escuteiro para quem o impossível não existe – é o de comprar a Liturgia Diária, que tem as leituras para todos os dias, e dedicar em cada dia um tempo (15 minutos... meia hora) à meditação do Evangelho do dia, lendo-o sempre na noite de véspera, para preparar o tempo de meditação do dia seguinte. Encontrar na minha meditação do evangelho de cada dia (esta é uma das mais belas formas de oração) gestos concretos de penitência e de conversão de vida de acordo com aquilo que Jesus me desafia a viver. Por exemplo, ser misericordioso com os outros, com gestos concretos de bondade e de partilha, tal como Deus é misericordioso comigo. E em tudo isto seguir Jesus...

Aceito o desafio?

Ċ
CNE JN Oriental Webmaster,
04/03/2017, 03:36
Ċ
CNE JN Oriental Webmaster,
04/03/2017, 03:36
Comments