Pedagogia‎ > ‎Pedagogia da Fé‎ > ‎

Domingo de Páscoa

Publicado a 17/04/2017, 01:59 por CNE JN Oriental Webmaster
O Senhor Ressuscitou verdadeiramente. Aleluia! E apareceu a Simão (Pedro). Aleluia!

Esta foi nos primeiros séculos da Igreja a saudação pascal dos cristãos de Roma. Com quanta alegria e emoção os cristãos daquela cidade davam uns aos outros a mais bela novidade da história! Este é o verdadeiro Evangelho, a verdadeira boa notícia: a morte e o mal não tiveram a última palavra sobre o destino da humanidade porque Deus, o próprio Deus, por amor, veio visitar e redimir o seu povo. Aleluia!

E foi precisamente graças ao anúncio de Simão Pedro, testemunha da vida, Paixão, morte e ressurreição de Jesus, que os homens e as mulheres de Roma e de todo o Ocidente, souberam que a morte tinha sido vencida, porque o próprio Senhor Jesus apareceu vivo e ressuscitado a Simão Pedro e aos outros Apóstolos, e os enviou a anunciar esta boa novidade, e a baptizar e a ensinar a cumprir tudo aquilo que Ele tinha mandado. E Pedro, pescador de um lago perdido na terra da Palestina, deixou o barco, a casa, a sua família, o seu povo, a sua língua, e veio até à capital do Império para que Jesus pudesse começar a reinar nos corações tocados pela maravilhosa novidade. Por isso, os cristãos de Roma têm em relação a S.Pedro uma eterna gratidão. Esta é a mesma gratidão que também nós devemos sentir. Se nós hoje temos fé, a fé que salva, devemo-lo ao Apóstolo Simão Pedro, e aos outros apóstolos de Jesus.

O Senhor Ressuscitou verdadeiramente. Aleluia! E apareceu a Simão. Aleluia!

Aviso à navegação: não me esquecer do desafio de dedicar diariamente um tempo de meditação do evangelho de cada dia. Para nós nada é impossível!


Ċ
CNE JN Oriental Webmaster,
17/04/2017, 02:00
Comments